Data

A paz do Senhor Jesus Cristo. Hoje é

quarta-feira, 15 de abril de 2015

Imitadores de Paulo, imitadores de Cristo.

"Sede meus imitadores, como também eu o sou de Cristo." 1Coríntios 11 v.1

Antes de mais nada quero lembrar que Paulo ao escrever aos coríntios esta passagem não estava se comparando ou querendo ser igual a Jesus Cristo. Ele estava sim mostrando-se como um exemplo de vida. Que bom seria se nós tivéssemos esta pretensão hoje em dia, quanto se deixaria de pecar, quanto sofrimento evitaríamos, quantas almas ganharíamos para o Senhor simplesmenste por imitarmos Paulo que imitava Jesus Cristo.
Precisamos entender que imitar significa fazer ou esforçar-se por fazer exatamente o que faz uma pessoa, ou seja, Paulo se esforçava para fazer exatamente o que Jesus Cristo fazia, Paulo tinha o Senhor Jesus como exemplo e nós devemos ter Paulo como nosso exemplo nisso também.

Paulo  na ocasião não estava pedidndo ao irmãos para serem imitadores dele próprio, mas sim do exemplo dado por ele. Você pode até pensar que é fácil, moleza imitar o exemplo de Paulo, será mesmo?
Para começo de conversa Paulo não nasceu em "berço evangélico" por assim dizer. Ele se converteu a caminho de Damasco quando ainda era um ávido perseguidor dos "cristãos". Ainda no começo de seu ministério Paulo teve muitas dificuldades em pregar o evangelho, pois ainda era visto da mesma maneira: como perseguidor de cristãos! A desconfiança e a lembrança do seu passado vão lhe perseguir no começo do seu ministério também. Ele teve uma recepção hostil em Jerusalém (Galátas 1 v.18). Por iso Paulo teve que "desaparecer" por algum tempo e este tempo escondido lhe foi útil para amadurecer e aumentar sua estatura espiritual que ele precisaria para o seu ministério. Lembro ainda que mesmo depois de amadurecido Paulo ainda sofreu com dúvidas e desconfianças, basta pensarmos por que a primeira viagem de Paulo foi acompanhada de Barnabé, não foi por acaso, foi pois os díscipulos ainda estavam "com um pé atrás" com Paulo. Barnabé que deu o voto de confiança caso contrário paulo não iniciaria seu ministério e os gentios em sua maioria não seriam alcançados. Na primeira viagem de Paulo com Barnabé eles ainda contaram com João Marcos até um certo tempo. O que quero dizer e reforçar é que não é fácil seguir o exemplo de Paulo isso sem ainda citar as perseguições, as afrontas, as prisões, e tantas outras afloições pelas quais o apósto passou por pregar o evangelho.
Você pode até estar pensando: os tempos são outros, o mundo mudou, as coisas agora são mais fáceis. Quero te dizer que o tempo passou sim, mas as palavras de Deus não (Marcos 13 v.31), o mundo não mudou nada e que as coisas são mais fáceis quando são feitas a fim de agradar o homem, quando o evangelho é levado a sério e pregado a fim de agradar a Deus então não é nada, nada fácil.
Paulo não chamou os coríntios para serem imagem e semelhança de Jesus Cristo, afinal isso é imposível, mas os chamou e nos cham hoje ainda para sermos como ele foi, um homem que conheceu um Deus que mudou suas convicções, que venceu a desconfiança dos outros, soube ser submisso a Deus, soube agradar a Deus e não aos homens, sou passar por lutas e lutas mesmo! Mas que perseverou e pode declarar que "combateu o bom combate, acabou a carreira e guardou a fé!".
Seja também imitiador de Paulo, seja imitador de Cristo, seja assim um servo de Deus, faça a diferença, deixe-se ser usado por Deus mesmo debaixo de afrontas, de perseguições, de calúnias, de dores.
Que o amor de Deus que excede todo o nosso entendimento seja derramado sobre a sua vida e de sua família em nome de Jesus Cristo. Amém!