Data

A paz do Senhor Jesus Cristo. Hoje é

sábado, 15 de novembro de 2014

O problema da dor

Muito se pergunta sobre porque um Deus que é todo-poderoso, soberano, que pode todas as coisas e principalmente: um Deus que é amor, pode permitir a dor, a tristeza, o sofrimento?
Onde está Deus quando a dor vem sobre você, sua família, seus amigos?



Antes de começar vou lembrar que: "todas as coisas cooperam juntamente para o bem daqueles que amam a Deus e são chamados pelo seu decreto" ( Romanos 8 v. 28), ou seja, tudo que acontece conosco e ao nosso redor coopera para o nosso bem. Mesmo sendo dor, sofrimento, tristeza, luto! O grande problema é que nos julgamos e muitas vezes somos acusados e julgados culpados por nós mesmos e pelos outros, infelizmente não podemos mudar o pensamento dos outros, mas cabe a nós entendermos e aceitarmos que Deus permite a dor, afinal: " existe tempo pra todas as coisas" (Eclesiastes 3 v.1).
O modo de Deus tratar com cada um de nós é singular, é único. Às vezes o Senhor usa a dor para exortar, para reaproximar seus servos, para lembrar que sem Ele nada somos, de que precisamos do Senhor. Mas, o que preocupa é que na maioria das pessoas imaginam que Deus as está castigando, que está fazendo isso por suas falhas. Vou lembrar apenas dois personagens bíblicos como exemplos: José e Jó. O primeiro vivia com sua família e ainda jovem Deus já o tinha mostrado, através de sonhos, que ele seria superior aos seus pais e irmãos. Porém antes ele foi jogado em um buraco e vendido por seus irmãos e sua dor não parou por aí, ainda foi acusado de assédio e lançado na prisão e por fim entendemos que Deus tinha um plano muito maior e José foi peça chave neste plano para  salvar Israel da fome, Deus sabe todas as coisas. No segundo exemplo a narrativa se inicia com elogios de Deus a Jó. Jó sofreu e muito, seus amigos fizeram muitos julgamentos, tiraram suas próprias conclusões, Jó passou muitos capítulos reclamando sobre a sua dor, amaldiçoou o dia que nasceu até a hora em que Deus o exortou com a pergunta:  onde você estava quando medi a terra?
Ou seja: quem era Jó para julgar as atitudes de Deus? Então depois de Jó orar por seus amigos, Deus mudou o cativeiro dele. Deus estava e hoje ainda está no controle de tudo. Não murmure, não se julgue precipitadamente, não dê ouvidos a homens e mulheres a que não conhecem o seu relacionamento com Deus. Lembre-se de que: "Dele, por Ele e para Ele são todas as coisas" (Romanos 11 v.36). Certas coisas acontecem, mesmo que doam muito hoje, para que a glória de Deus se manifeste em nossas vidas para que lembremos que foi Ele que nos escolheu (João 15 v. 16). Que o amor de Deus que excede todo o nosso entendimento seja derramado sobre a sua vida e de sua família, em nome de Jesus Cristo. Amém!